5 dicas para uma vida (e corpo) mais saudável.

Pode parecer contraditório, mas não! Está cientificamente provado que, as pessoas que fazem dietas regulares têm mais tendência a ganhar peso e a ter comportamentos menos saudáveis, do que quem não faz.
Há uma maneira melhor, mais calma e muito mais fácil de ser e estar saudável. Venha connosco.

  DORMIR: o hábito saudável mais subestimado

Dormir bem é a chave para um estilo de vida saudável.
É possível repor energias e regular o metabolismo, fatores essenciais para manter corpo e mente saudáveis. Dormir bem é um hábito que deve fazer parte da rotina de todos. Dê prioridade ao seu “sono de beleza”, estabeleça um ritual, tome um banho quente ou leia um bom livro. Mas acima de tudo, mantenha-se longe dos ecrãs pelo menos 1 hora antes de se deitar. Vai ver que é “tiro e queda”!

  PLANIFIQUE: faça planos e escreva-os

Agendar atividades saudáveis, como fazer desporto ou caminhar durante a hora de almoço, vai ajudar a manter o foco e tomar decisões em prol do seu bem-estar.
Bloquear algumas horas da sua agenda para si, tem um efeito muito positivo no seu mindset para a semana. E um “shopping spree” pode muito bem contar como uma breve caminhada, 2 em 1!

  ROTINA: escape de forma saudável

Com a correria do dia-a-dia, é mais fácil encomendar as refeições ou ir a um restaurante. E se fizer isso, opte por uma escolha variada, controlando as porções e escolhendo sempre ingredientes saudáveis sem nunca comprometer o sabor ou o prazer. Escape da rotina!

  MEXA-SE: pela sua saúde

O sedentarismo é a principal causa de desgaste físico e emocional. O corpo foi feito para se movimentar, contrariar este seu impulso genérico, para além de um sem número de doenças físicas, contribui enormemente para estados depressivos ou de ansiedade.
Caminhe, corra, dance ou inscreva-se num desporto de grupo para se motivar. Menos de 40 minutos de atividade física por dia, conta como sedentarismo. Combata isso!

  REDUZA A ANSIEDADE

É inevitável. Há situações que nos deixam ansiosos e esse é um mecanismo de defesa natural. Podemos contornar essa ansiedade de algumas maneiras, como por exemplo: ouvir música, respirar fundo, visualizar a solução para o problema com que se deparou, esquematizar os pequenos passos a dar para atingir o seu objetivo.
Pensar sempre em alcançar 1 etapa de cada vez, “primeiro isto, depois aquilo”.
Se quiser embarcar numa modalidade que ajude a acalmar a mente, de uma forma mais sistemática, pode sempre visitar um estúdio de Yoga ou Tai-chi. Os ensinamentos orientais fazem maravilhas ao “burburinho” interior.